Notícias
Notícias sobre as soluções financeira

Certidão de Teor: O que é e quando precisa?

Publicado em 22 janeiro 2019 à 10:00
Certidão de Teor: O que é e quando precisa?

Se pretende adquirir um crédito habitação, é provável que lhe peçam a Certidão de Teor na instituição de crédito a que recorrer. Sabe de que se trata esta certidão? E sabe qual a razão de precisar dela para conseguir o crédito? Venha descobrir com este artigo.

Hoje, ouvirmos falar de diversos documentos e certidões. A verdade é que, por entre a variedade burocrática dos nossos dias, se torna difícil acompanhar e conhecer todos os documentos e as suas funções.

Um bom exemplo de um documento que poucas pessoas conhecem (embora quase todas necessitem dele, em alguma fase da vida) e a Certidão de Teor. Este documento – essencial no momento de arrendar, vender ou comprar uma habitação – trata-se de um certificado emitido pela Conservatória do Registo Predial. Hoje, vamos saber mais sobre ele.

De que se trata ao Certidão de Teor?

A Certidão de Teor, também conhecida como Certidão Permanente de Registo Predial é o documento emitido pela Conservatória do Registo Predial, onde consta toda a informação relativa a um determinado imóvel.

Esta informação inclui o nome do proprietário, a descrição do imóvel, a localização exata da habitação, a sua composição e também eventuais encargos associados ao mesmo (como, por exemplo, eventuais penhoras).

A Certidão de Teor trata-se de um certificado que, detalhadamente, lhe dá a conhecer o imóvel, o seu histórico e a situação jurídica em que este se encontra.

Quando precisa de uma Certidão de Teor?

A Certidão de Teor trata-se de um documento essencial para todos os que pretendem arrendar, vender ou comprar um imóvel. Este documento é exigido, usualmente, pela instituição financeira, antes de ceder créditos habitação, sendo ainda essencial no momento de firmar o contrato e assinar a escritura.

Este documento poderá ser muito importante para salvaguardar situações danosas, como a venda de uma habitação hipotecada.

Tratando-se de um documento essencial para que possa comprar casa, este é também um certificado que pode ajudar a mantê-lo seguro quanto à escolha da sua habitação, evitando que gaste mais do que previa devido a problemas como penhoras ou hipotecas. Além desta salvaguarda, se quiser apostar na poupança mensal, não deixe de estudar as alternativas do crédito consolidado.