Notícias
Notícias sobre as soluções financeira

Ainda pode pedir para pagar menos IMI... mas não por muito mais tempo!

Publicado em 15 dezembro 2018 à 10:00
Ainda pode pedir para pagar menos IMI... mas não por muito mais tempo!

A situação financeira dos portugueses diverge. Enquanto algumas famílias conseguem fazer uma gestão mais simples e equilibrada, usufruindo de vantagens como o crédito consolidado, para as ajudar, por exemplo, numa poupança mensal; outras vivem dias mais complicados, fazendo uma verdadeira ginástica económica para cumprirem os pagamentos das contas, das mercearias e da mensalidade do crédito pessoal, do crédito automóvel ou do crédito a habitação

Independentemente de qual seja a sua situação, algo é factual: todas as formas de poupança são sempre bem-vindas. E é justamente por isso que lhe trazemos, hoje, uma novidade que pode ajudá-lo a poupar no pagamento do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI). 

Se quer saber como pode pagar menos IMI, este é o momento certo para descobrir! 

 

IMI: do imposto à poupança

O IMI trata-se de um imposto fixado numa taxa sobre o valor patrimonial tributário dos imóveis e cuja cobrança está a cargo das Câmaras Municipais. As taxas fixadas variam consoante o município, situando-se entre os 0,3% e os 0,45% para edifícios urbanos e 0,8% em habitações rústicas. 

Com o desvalorizar das habitações, ao longo do tempo, e mediante o pedido de reavaliação, o IMI pode ser reduzido. Ainda assim, neste momento, um conjunto de medidas que se encontra sob análise e aguarda aprovação, torna conveniente que este pedido de reavaliação seja feito o mais depressa possível. 

Existem fundamentalmente duas razões pelas quais deve pedir já para pagar menos IMI: 

  1. O mês de Dezembro é a última oportunidade para tentar baixar o valor patrimonial da sua habitação, se deseja pagar menos em 2019; 
  2. As novas medidas a implementar e a atualização dos preços poderão aumentar o imposto já no próximo ano, tornando mais rentável uma avaliação ainda em 2018.

 

Quais as medidas que aguardam aprovação?


As alterações que têm vindo a ser propostas, no que diz respeito ao IMI, podem originar uma subida do imposto para os contribuintes. 

A proposta de atualização do preço por metro quadrado para o valor vigente em 2008 (615 euros) irá, se aprovada, aumentar em 12 euros por metro quadrado o valor do imposto em 2019. 

Além disso, a reavaliação da localização das casas, que acontece a cada 3 anos, pode fazer com que muitas casas passem, também, a pagar mais IMI. 

Considerando as alterações em debate e os prazos para pedir uma nova simulação, é recomendável que peça a reavaliação durante o presente mês de Dezembro, para não deixar passar a oportunidade de pagar menos IMI.