Notícias
Notícias sobre as soluções financeira

O que é a estagflação?

Publicado em 9 maio 2022 à 10:00
O que é a estagflação?

Alguns conceitos têm entrado no nosso quotidiano e, entre eles, encontramos a estagflação. Sabe o que é? Então, venha descobrir!

Os portugueses têm recebido, quotidianamente, várias informações novas, que chegam por via dos comentadores nacionais e dos meios de comunicação físicos e digitais.

Num momento em que a inflação é um problema visível, muitos portugueses já ponderam recorrer a um crédito para equilibrar as suas finanças ou mesmo renegociar os seus num crédito consolidado, com a intenção de poupar. Perante este tipo de cenário, ouvir falar de conceitos novos e desconhecidos – como estagflação – pode soar assustador.

Hoje, iremos esclarecer melhor em que consiste a estagflação, para que compreenda melhor este conceito e todos os meandros da sua aplicação na realidade atual que estamos a viver.

Em que contextos se tem falado de estagflação

Como sabemos, ao longo dos últimos anos, a realidade da vida em Portugal e no mundo não tem sido simples, já que o panorama internacional não está a trazer os melhores contextos possíveis.

Depois de atravessado um período pandémico, onde severas dificuldades financeiras se manifestaram, principalmente devido à estagnação económica motivada pelos sucessivos confinamentos, a guerra entre a Rússia e a Ucrânia veio novamente agitar as estruturas da estabilidade, motivando a inflação e o aumento substancial dos custos de bens tão essenciais quanto os combustíveis e os artigos de alimentação.

Estagflação: o que é?

Chama-se de estagflação ao momento em que, em simultâneo, três fatores se reúnem: uma inflação elevada, um baixo crescimento e uma elevada taxa de desemprego.

Este tipo de situação é o que se teme que possa manifestar-se futuramente, uma vez que a inflação está a atingir limites muito acentuados (média de 7,5% na Europa), fazendo-se acompanhar de previsões sobre as dificuldades que esta poderá gerar nos Bancos centrais e a forma como poderá influenciar as taxas de juro, dificultando toda a questão do crédito para aqueles que o adquiriram ou para os que venham a necessitar de contrair um crédito.

Ainda que, neste momento, o desemprego não seja um problema, teme-se que a manutenção da inflação e um abrandamento do crescimento económico possam vir a ser responsáveis por um cenário de estagflação no futuro.

O que esperar em caso de estagflação

Por agora, a maioria dos especialistas ainda está cético quanto à possibilidade de se entrar efetivamente em estagflação.

Ainda assim, no caso de as previsões estarem incorretas e de o conceito acabar por se verificar em concreto, existem riscos efetivos associados.

Ao combater a inflação, nesse cenário, o mais provável é que se assista a uma subida das taxas de juro que poderá prejudicar a economia, motivando o aumento dos juros da dívida pública, o que teria consequências nefastas para Portugal e a sua economia.

Simulação gratuita
Projecto
Créditos a decorrer