Notícias
Notícias sobre as soluções financeira

Seguro de renda: o que é, como funciona e quando é obrigatório?

Publicado em 10 março 2020 à 10:00
Seguro de renda: o que é, como funciona e quando é obrigatório?

O arrendamento gera sempre algumas dúvidas no proprietário, que teme deparar-se com um inquilino inadimplente. A realização de um seguro de renda pode ajudar a evitar este tipo de situação. Saiba mais.

Numa primeira instância, a ideia de rentabilizar um imóvel pode parecer uma boa maneira de melhorar os rendimentos. Esta pode ser uma ideia apelativa, principalmente para quem se encontra ainda a pagar o crédito à habitação ou para quem tem despesas mensais diversas – como o pagamento dos serviços, da mensalidade do crédito automóvel, do crédito pessoal ou de um crédito consolidado que os aglomere.

Ainda que pareça bastante positivo, a verdade é que muitos proprietários temem arrendar o seu imóvel e que, posteriormente, o incumprimento das obrigações por parte do inquilino gere uma situação indesejada.

Atualmente, existe a possibilidade de que inquilinos ou senhorio realizem um seguro de proteção de renda, sendo este uma segurança que pode proteger ambas as partes, caso o inquilino sofra, de forma inesperada – por doença ou desemprego, por exemplo, uma quebra nos seus rendimentos.

Venha descobrir mais sobre este seguro de renda.

O que é o seguro de renda ?

Este é um seguro que o inquilino ou o senhorio podem realizar e que visa acautelar situações de incumprimento relacionadas com uma quebra inesperada dos rendimentos do primeiro.

Como funciona o seguro de renda ?

O seguro de renda dirige-se a inquilinos entre os 18 e os 64 anos, que tenham uma atividade remunerada e serve para acautelar eventuais situações de quebra de rendimentos. Estas situações poderão relacionar-se com incapacidade temporária de trabalhar, fragilização da economia familiar por falecimento de um membro do agregado familiar, desemprego involuntário ou hospitalização.

Quais as vantagens deste seguro ?

Este seguro irá dar uma maior segurança ao proprietário, já que garante, assim, que receberá o valor da renda ainda que a situação económica do seu arrendatário se altere.

Para o inquilino, este seguro ajudará também a que, perante situações inesperadas, evite a criação de problemas entre si e o seu senhorio e também eventuais problemas de cariz judicial.

Quando é obrigatório fazer o seguro de renda ?

O arrendamento acessível veio tornar obrigatórios alguns seguros e, entre eles, encontra-se o seguro de renda.

Este seguro irá garantir a proteção do proprietário e do inquilino durante o tempo de arrendamento, evitando problemas relacionados com o incumprimento por alteração inesperada nos rendimentos do arrendatário.

Simulação gratuita
Projecto
Créditos a decorrer